O processo SAAL em Fotografias
2013-06-05

 "O SAAL representa tudo o que sobre produção arqitectónica se processou em Portugal nessa margem de tempo que se seguiu ao 25 de Abril" J. A. Banderinha

O SAAL, Serviço de Apoio Ambulatório Local, foi criado durante o 2º Governo Provisório, no final do mês de Julho de 1974 através do despacho conjunto do ministro da Administração Interna e do secretário de Estado da Habitação e Urbanismo, Nuno Portas. Tinha  como principal objectivo dar apoio às populações – na altura, 25% dos portugueses - que viviam alojadas em locais que não respeitavam as mínimas condições de conforto, segurança, salubridade e privacidade, através de um programa que respeitasse e reflectisse as necessidades e anseios das populações carentes.

Para atingir tal objectivo os arquitectos - Nuno Portas, Alves Costa, Siza Vieira, Souto Moura, Gonçalo Byrne e Teotónio Pereira, entre outros – entendiam que a participação dos moradores na elaboração e construção das obras era fundamental para que estes se apropriassem inteiramente das novas moradias. Desta forma temos, nos alicerces do SAAL, o trabalho em parceria dos arquitectos e da população. Os arquitectos, com a ajuda e intervenção da população, faziam os projectos; os futuros moradores construíam as novas habitações e o Estado financiava.

Aceda às galerias de imagens de Alexandre Alves Costa e Nuno Portas. Uma edição com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian